terça-feira, maio 12, 2009

A MORTE

A morte é implacável.
A única grande certeza que temos
e ainda assim o grande mistério que nos ronda.

Mãe da filosofia, carrasca das esperanças.
Quando a olhamos de frente trememos,
quando tentamos fugir, mais nos aproximamos,
quando tentamos esquecer, mais nos lembramos.

A morte dói para todos quando mostra sua face.
Ao se apresentar, traz junto suas amigas:
Pesar
Dor
Desesperança
Desespero
Descrença
Dúvida...
E perante elas, sentimos nossa pequenez.

Mas, quando a morte vem buscar uma criança,
com seu olhos doces, sorriso ingênuo e vontade de viver,
sentimos ainda mais nossa impotência.

Guilherme R. Fauque

Em memória de Ícaro Luiz Zambrzycki, uma estrela que iluminou nossas vidas por um breve tempo e partiu de volta a prátria espiritual.


Figura: A Morte de uma Estrela

On-Line Translator