quinta-feira, outubro 22, 2009

Humor em video

É comum muitas pessoas acreditarem que ser filósofo é sinônimo de ser chato, enfadonho, "cara amarrada", entre outras denominações comuns que ouvimos por aí.

Ora, isto é uma injustiça!!! Sócrates tirava sarro de muitas situações, tanto é que se considerava o "mosquitinho" que fica cutucando o cavalo, uma verdadeira "mosca na sopa" como dizia Raul Seixas... quer visão mais cômica? Já Spinoza acreditava na alegria da vida, Nietzsche dizia que uma verdade que não acolhesse uma gargalhada era falsa. E o que Agostinho, digo, "santo" Agostinho, dizia? "Deus, me livrai das tentações, mas não agora!" Esperto ele.

Pensando nisto, selecionei dois videozinhos que achei muito engraçado para compartilhar com vocês e para sorrirmos juntos!

NEM TUDO É O QUE PARECE

Descartes já nos tinha avisado para não confiarmos nos nossos sentidos...





A VERDADEIRA SENDA DE UM IOGUE

Vamos rir um pouco com os "gurus" da Nova Era.






4 videos num só:

MENTE SUJA, A HORA DE EMAGRECER, MOTIVAÇÃO e FOTO DE FÉRIAS



4 comentários:

Mário Filgueira disse...

Concordo plenamente companheiro, e tanto que faço um desafio, diga qual nome desta figura que desprezou Alexandre “o grande”:

Alexandre chega até o homem, o vê deitado descansando. E pergunta

Alexandre – Diga, o que você quer? E posso te dar qualquer coisa que me pedir.

Pensador – Está bem, então sai da minha frente, você está tapando o meu sol.


hehehe, é... Aproveito a postagem e te digo um fato curioso, recentemente também fiz uma postagem, sobre os caminhos que devemos seguir, e sobre não pensar em fazer apenas uma coisa na vida. Dá uma conferida lá no Sentimento Imortal.

Guilherme R. Fauque disse...

hahahaha - o Cínico Diógenes!! Este também foi uma figura! Este sim dá para lembrar boas histórias.

Além deste fato, sabe-se que ele vivia em um barril e tinha como pertences somente um bastão e uma tijela para tomar água. Certa vez ele viu uma criança na beira de um rio tomando água fazendo concha com as mãos. Então, Diógenes deu-se conta de que não precisava de sua concha e jogou fora. - hahahaha.

Outra vez o Imperador Alexandre chegou e disse-lhe: Sou Alexandre, O Grande!

E ele respondeu: Sou Diógenes, o cão.

Ricardo disse...

Caro amigo Guilherme:
Mais um livro spinozano. E dessa vez, tu vais ficar duplamente feliz, pois também é nietzscheano.
O livro é "O mais potente dos afetos: Spinoza e Nietzsche", organizado por André Martins e publicado pela Martins Fontes.
Lá no meu blog há uma referência mais completa.
Abração.

thiagomiota disse...

Gostei do texto sobre felicidade. Não conseguir fazer o comentário abaixo do post. Espinosa era foda.

On-Line Translator